DESACTIVA ADBLOCK PARA VISUALIZAR LA PELICULA



A partida entre Peru e Venezuela nesta quinta (18) não foi das mais emocionantes em campo. A seleção peruana foi predominante no segundo tempo graças a estar com um jogador a mais e conseguiu vencer por 1 a 0. Na tabela, no entanto, esse duelo deixou o grupo C muito embolado, com quatro seleções empatadas com três pontos. O resultado acabou sendo bom para o Brasil, que, mesmo perdendo para a Colômbia na última quarta (17), terminou a segunda rodada da Copa América na liderança do grupo C.

Com o resultado, o Brasil, que venceu os peruanos na estreia, precisará apenas de um empate contra a Venezuela, no domingo para passar para a próxima fase. Lembrando que a seleção brasileira entrará em campo no final de semana sabendo do resultado de Colômbia x Peru, que acontece às 16h. O duelo da seleção acontece às 18h30. A sequência da classificação do grupo C tem Peru, em segundo; Colômbia e Venezuela.

Foi uma partida de ataque contra defesa durante os 90 minutos de jogo, só mudou a seleção que mais atacava e a que mais defendia em cada. A Venezuela começou a partida muito bem e parecia que venceria tranquilamente, ainda no primeiro tempo. A expulsão de Amorebieta acabou complicando a equipe, que passou a se defender com todas as forças na etapa final, apostando apenas nos contra-ataques.

Fases do jogo:

A Venezuela começou a partida mostrando que a vitória sobre a Colômbia na estreia da competição não havia sido por acaso. A seleção se mostrou mais ativa que os peruanos e tiveram as melhores chances de ataque na primeira etapa. Pelo lado peruano, muita dificuldade para chegar à área e o principal jogador do país sofreu com a marcação adversária.

Logo aos 18 minutos, Guerrero acabou levando a pior quando a seleção peruana tentava o contra-ataque e sentiu a perna esquerda. Um minuto depois, o jogador dividiu bola com Seijas e novamente levou a pior, precisando receber atendimento médico. Outro lance envolvendo o, agora, jogador do Flamengo foi em uma disputa com Amorebieta, que pisou no atacante durante o lance e levou o cartão vermelho direto aos 29 minutos de partida.

Com um jogador a menos, a Venezuela acabou prejudicada, precisando manter um ritmo muito forte de defesa, e não conseguiu chegar muitas vezes ao ataque. Nos primeiros 10 minutos da etapa final, por exemplo, os venezuelanos tiveram apenas uma chance de chegar à área, com uma arrancada de Rondón.

De tanto insistir, o Peru conseguiu chegar ao seu gol com Pizarro, que recebeu de Cueva e não desperdiçou em um chute forte aos 28 minutos. Também no segundo tempo, Guerrero prejudicou o Peru para a última partida da primeira fase da Copa América. O jogador recebeu o cartão amarelo após falta em Cichero e fica fora do duelo contra a Colômbia, no domingo.

✓Inscreva-se: http://migre.me/ojLOF
✓Curta
✓Comente
✓Favorite

Fonte: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2015/06/18/peru-x-venezuela.htm

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*